Saltar os Menus

Notícias

15 de Janeiro de 2021

“Guardiões da Vida Selvagem”

ÁREA DE RESERVA PHUNDUNDU, ZIMBABUÉ, JUNHO 2018; © Brent Stirton

Grupo de mulheres especializadas e escolhidas para a força feminina de guardas de conservação anti-caça furtiva, durante um treino de camuflagem, tiro, e movimentação no mato. ÁREA DE RESERVA PHUNDUNDU, ZIMBABUÉ, JUNHO 2018
© Brent Stirton

 

A exposição “Guardiões da Vida Selvagem” de Brent Stirton, é uma abordagem à luta dos guarda florestais dos parques de vida selvagem em África, contra a caça ilegal de espécies protegidas e à beira da extinção. Trata-se de uma exposição integrada no Prémio Estação Imagem 2020 Coimbra.

Stirton é fotojornalista e tem documentado a relação ente o homem e o meio ambiente.  Fotógrafo sul-africano, é correspondente sénior da Getty Images e fellow da National Geographic Society. É especialista em fotojornalismo de investigação e documentário. Tem-se focado, desde 2007, nos aspectos da intersecção do Homem com o ambiente. O seu trabalho é publicado regularmente na National Geographic Magazine, GEO, Le Figaro, Stern, e noutras publicações internacionais.É vencedor do prémio Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano pela National Geographic, em 2017, entre outros.

 

“Sou fotojornalista do ambiente. Setenta por cento do meu tempo é dedicado a relatar a intersecção entre o Homem e a Natureza. Gostava que fosse 100%. O fotojornalismo convencional está bastante desenvolvido e estabelecido, porém, o mesmo não acontece com este campo. O meu foco centra-se nos poucos homens e mulheres que se dedicam a proteger o nosso património natural. Estes guardiões da conservação levam vidas espartanas em sítios isolados, são pobremente pagos e estão frequentemente em grande perigo. Apesar disto, parece haver da nossa parte a expectativa de que estas pessoas tratem de proteger o nosso mundo natural sem o apoio de todos nós.

Tive o privilégio de viver com estes grupos em muitas ocasiões ao longo dos últimos 12 anos e estas são as imagens que mais valorizo desses momentos. É uma vida dura e tantas vezes ingrata para estes homens e mulheres. Espero que algumas das minhas imagens possam ajudar a prestar-lhes o devido tributo. (…)”

Brent Stirton

 

 

 

Inauguração em 16 de janeiro – patente até 7 de março

Esta notícia foi publicada em 15 de Janeiro de 2021 e foi arquivada em: Destaques, Exposições Temporárias.