Saltar os Menus

Notícias

19 de Novembro de 2020

“Prémio Estação Imagem 2020 Coimbra”

Exposição dos trabalhos vencedores da 11.ª edição do Prémio Estação Imagem 2020 Coimbra

© Carlos Folgoso Sueiro

© Carlos Folgoso Sueiro

© Leonel de Castro

© Leonel de Castro

 

“O fotojornalista José Sarmento Matos é o grande vencedor da 11ª edição do PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM, que distingue os melhores trabalhos de fotojornalismo.

Trata-se de uma reportagem em torno dos dramas de uma família luso-venezuelana na sua migração de regresso a Portugal com imagens obtidas na Madeira e naquele país do Caribe mergulhado numa profunda crise humanitária.

O anúncio e entrega dos prémios teve lugar a 18 de Julho, em Coimbra, no Convento de São Francisco, numa cerimónia em que participaram a vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Carina Gomes, o presidente do júri, Patrick Chauvel, e o director da Estação Imagem, Luís Vasconcelos.

Para Fotografia do Ano, a escolha dos jurados foi para uma foto de Leonel de Castro obtida durante uma reportagem na cidade da Beira, em Moçambique, na sequência da destruição provocada pelo furacão Idai. O fotojornalista da Global Imagens obteve ainda o prémio na categoria Assuntos Contemporâneos e ainda uma menção honrosa na categoria Vida Quotidiana, cujo prémio foi atribuído a Gonçalo Fonseca. Nas restantes cinco categorias, o júri internacional premiou os fotojornalistas Rui Duarte Silva/Notícias, Ana Brígida/Artes e Espetáculos, Carlos Folgoso Sueiro/Ambiente, António Pedro Santos/Série de Retratos e Rodrigo Antunes/Desporto.

A Bolsa Estação Imagem 2020 Coimbra foi este ano atribuída ao fotojornalista Ricardo Lopes, que se propõe desenvolver um trabalho sobre as tradições rurais e conhecimento popular no interior do país, que caminham para o desaparecimento com uma população envelhecida e dispersa. É de entre todos as fotoreportagens que se candidataram nas sete diferentes categorias que o júri escolhe o vencedor do PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM. Nesta edição foram submetidas a concurso perto de 400 trabalhos, entre reportagens e candidaturas à Fotografia do Ano, com substancial aumento das propostas para a atribuição da Bolsa ESTAÇÃO IMAGEM Coimbra. Obrigado, desta vez, a reunir através das plataformas eletrónicas, o júri desta 11ª edição do PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM foi presidido por Patrick Chauvel, o mais antigo repórter de guerra em exercício, tendo coberto já mais de 20 conflitos. Brent Stirton (sete prémios World Press Photo, seis prémios Lucie, o Visa d’Or e dois prémios pelas Nações Unidas), Felipe Dana (fotojornalista da The Associated Press e finalista dos Pulitzer 2017, 2018 e 2019), e João Silva (do Bang Bang Club que documentou o fim do apartheid e repórter do The New York Times) completaram painel de jurados.”

 

 

 

Inauguração em 21 de novembro – patente até 10 de janeiro de 2021

Esta notícia foi publicada em 19 de Novembro de 2020 e foi arquivada em: Destaques, Exposições Temporárias.