Saltar os Menus

Notícias

15 de Novembro de 2021

“Texturas”

©Gaspar de Jesus

©Gaspar de Jesus

 

A natureza do mundo é complexa e por isso, para melhor a compreender e descrever, procuramos encontrar aspectos comuns que a simplifiquem atribuíndo a cada objecto determinadas características identificadoras. Falamos de forma, de cor, de estrutura, de textura, os chamados elementos visuais. Com esse artifício libertamos o nosso discurso focando a atenção num único aspecto da descrição visual.

Liso, rugoso, áspero, metálico, macio, brilhante, acetinado, mate, etc. são palavras que usamos frequentemente para falar de textura. Qualquer uma delas é muito insuficiente no seu conteúdo descritivo porque, sendo a textura uma expressão da superfície, implica na sua apreciação, com igual importância, dois sentidos: a visão e o tacto. Um objecto pode ter a mesma forma e a mesma cor e diferenciar-se de outro muito semelhante apenas pela textura.

Poder-se-ia dizer que as fotografias têm todas a mesma textura que é a do papel onde são impressas mas o interesse, neste caso, vai para aquilo que elas apresentam. Aí já lemos texturas porque os nossos olhos, perante uma imagem reconhecida, dão-nos indicações de leitura que a nossa experiência anterior nos ajuda a decifrar.
São portanto representações de texturas (e não elas mesmo) que aqui se mostram, segundo os pontos de vista de cada um dos autores.

Citando Alberto Pimenta:
…o que entra pelos meus olhos não pode
entrar pelos teus olhos
mas só pela tua cabeça através
dos nomes dados pela minha cabeça
àquilo que entrou pelos meus olhos já com nomes


…e é assim que vamos construindo a nós mesmos pela
segunda vez
tu a ti e eu a mim
construindo uma consciência irrepetível e intransmissível
cada vez mais intensa em si
tu em ti e eu em mim

(“O silêncio dos Poetas” pg. 181/182, A regra do jogo, Porto, 1978)

 

Carlos Valente
Porto, novembro de 2021

 

 

 

Inauguração em 20 de novembro de 2021 – patente até 20 de março de 2022

Esta notícia foi publicada em 15 de Novembro de 2021 e foi arquivada em: Destaques, Exposições Temporárias.

Os comentários foram desactivados para esta notícia.