Saltar os Menus

Notícias

6 de Outubro de 2021

Documento Mês
Fundo Bibliográfico

Olivares, Rosa. 2005. 100 fotógrafos españoles. Madrid: Exit Publicaciones. ISBN: 84-934639-1-4.

Olivares, Rosa. 2005. 100 fotógrafos españoles.
Madrid: Exit Publicaciones.
ISBN: 84-934639-1-4.

 

Sabia que Cristina Garcia Rodero foi a primeira fotógrafa espanhola a ser admitida na prestigiada agência de fotojornalismo Magnum?
Cristina Garcia Rodero (1949) nasceu em Puertollano, Ciudad Real (Espanha). Em 1972 formou-se em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade Complutense de Madrid. Durante os estudos universitários iniciou-se na área da fotografia e em 1973 começou um trabalho de investigação sobre as festas e tradições em Espanha. Em 1974 iniciou a carreira de professora de desenho na Escola de Artes Aplicadas e Ofícios Artísticos de Madrid, e de 1983 a 2007 lecionou fotografia na Universidade onde se formou conciliando a carreira de docente com a criação artística. Cristina Garcia Rodero é conhecida como a fotógrafa das culturas populares e dos festivais tradicionais de Espanha do século XX, mas também pelos seus registos fotográficos capturados em Portugal, Grécia, Itália, Venezuela, Haiti, Colômbia, Índia e Etiópia onde documenta os costumes, as crenças, as manifestações, os rituais religiosos e as festas populares.
Em 2009, tornou-se a primeira pessoa de nacionalidade espanhola a ser admitida como membro de pleno direito da agência de fotojornalismo Magnum. Ao longo da sua carreira recebeu vários prémios, tais como o “World Press Photo” em 1993, o Prémio Nacional de Fotografia em 1996, a Medalha de Ouro de Mérito em Belas Artes (2005) e o Prémio PHotoEspaña (2017), entre outros. É a primeira fotógrafa espanhola a ter um museu próprio, que foi inaugurado a 12 de setembro de 2018 com a designação de “Museo Cristina García Rodero” e que se encontra situado em Puertollano, Ciudad Real (Espanha).

 

 

 

Did you know that Cristina Garcia Rodero was the first Spanish photographer to be accepted into the prestigious photojournalism agency Magnum?
Cristina Garcia Rodero (1949) was born in Puertollano, Ciudad Real, Spain. In 1972 she graduated in painting from the Faculty of Fine Arts of the Complutense University of Madrid. During her studies she began to work in the field of photography, and in 1973 she started researching festivals and traditions in Spain. In 1974 she began her career teaching drawing at the School of Applied Arts and Crafts in Madrid, and from 1983 to 2007 she taught photography at the university where she graduated, balancing her teaching with artistic creation. Cristina Garcia Rodero is known as a photographer of popular culture and traditional festivals in 20th century Spain, but also for the pictures she took in Portugal, Greece, Italy, Venezuela, Haiti, Colombia, India, and Ethiopia, where she documented customs, beliefs, manifestations, religious rituals and popular festivals.
In 2009 she became the first person of Spanish nationality to join the photojournalism agency Magnum as a full member. Throughout her career she has received several awards, including the World Press Photo in 1993, the National Photography Award in 1996, the Gold Medal of Merit in Fine Arts (2005) and the PHotoEspaña Award (2017), among others. She is the first Spanish photographer to have her own museum, inaugurated on September 12th, 2018, under the name “Museo Cristina García Rodero”, located in Puertollano, Ciudad Real, Spain.

 

 

Esta notícia foi publicada em 6 de Outubro de 2021 e foi arquivada em: Documento do mês, Fundo Bibliográfico.

Os comentários foram desactivados para esta notícia.