Saltar os Menus

Notícias

15 de Dezembro de 2020

O frio e a elegância em Paris

Ilustração Portugueza. 1927.; “O frio e a elegância em Paris” Ilustração Portugueza, 2º Ano, N.º 26, 16 de janeiro.

Ilustração Portugueza. 1927.
“O frio e a elegância em Paris” Ilustração Portugueza, 2º Ano, N.º 26, 16 de janeiro.

 

Tinha conhecimento que as mulheres começaram a usar calças durante a década de 1920 em França?

 

Em 1799 a lei francesa exigiu que as mulheres que quisessem usar calças em público teriam de pedir permissão à polícia. Durante a década de 1920 foi efetuada uma revisão através de uma emenda na lei, que permitiu que as mulheres parisienses usassem calças, mas apenas nas seguintes situações: para andar de cavalo ou de bicicleta.

A moda feminina na década de 1920 estabeleceu-se como uma afirmação social e uma rutura com o estilo de vida rígido. Esta peça de vestuário elegante, prática e confortável – a calça – tornou-se num símbolo de liberdade e compatibilizava-se com um estilo de vida mais independente.

 

A estilista francesa Coco Chanel (1883-1971) foi uma das primeiras mulheres a usar a calça em França e tornou-se na grande impulsionadora da popularização das calças femininas.

 

 

 

Did you know that women started wearing pants in the 1920s in France?

 

In 1799, French law required women who wanted to wear pants in public to ask the police for permission. This law was amended in the 1920s, allowing Parisian women to wear pants but only when riding a horse or a bike.

In the 1920s, women’s fashion established itself as a social assertion and a break from a rigid lifestyle. This elegant, practical and comfortable garment – the pants – became a symbol of freedom and was in line with a more independent lifestyle.

 

French designer Coco Chanel (1883-1971) was one of the first women to wear the pants in France and became the great promoter of the popularization of women’s pants.

 

 

 

 

 

 

Esta notícia foi publicada em 15 de Dezembro de 2020 e foi arquivada em: Documento do mês, Fundo Bibliográfico.

Os comentários foram desactivados para esta notícia.